terça-feira, 6 de setembro de 2011







Quando tudo parece opressão, mas você não reconhece a palavra desistência.
Não sei ao certo como classsificar isso,mas me persegue.Talvez loucura? Não ,é muito pouco.Talvez seja medo de querer amar . Só uma grande parte de vida é feita de amor, que seria a tal da felicidade(?).
Momentos em que parece que tudo irá explodir,e você já não aguenta mais então pensa em várias maneiras de como transmitir esse fim,mas não encontra a forma certa.Logo pensa que está desisitindo por fraqueza.Mas sabe que não é.
Você quer a paz , mas sabe que sentirá falta do tormento que ele faz.
Você não quer mais desavenças ,mas sabe que quer debruçar no abraço dele.
Você quer a liberdade , mas sentirá falta da liberdade que ele te causa.
Você diz que quer amor , e sabe que o dele é raro.
Então você desiste da sua própria desistência.
Sabe que a perda,será mais dolorida que a insistência. 
Tenta por tudo no lugar, reparar uns erros,lembrar de bons momentos, e confirmar que ,apesar dos pesares ,tudo vale a pena.


Para ler ouça : Adele - Someone Like you 

Nenhum comentário:

Postar um comentário